O melhor lugar do mundo

“Qual foi o seu lugar favorito?”

Conor McGrath tomou um gole de cerveja e colocou a mão esquerda perto do ouvido fazendo um sinal de que não havia escutado direito. Estávamos em um Pub perto da belíssima Ribeira da cidade do Porto, Portugal. Ao fundo, tocava Beautiful Day do U2 no volume máximo. A luz do ambiente era escassa, pouco difusa, flutuava um cheiro de cerveja e tabaco. Na televisão: o gaelic football, uma mistura de handebol, rúgbi e futebol. Eu repeti a pergunta: “Dos lugares que você esteve … qual você mais gostou?”

Eu e o McGrath havíamos nos conhecido graças a um amigo em comum. Ele era um irlandês alto, de uns trinta e cinco anos, tinha o cabelo ruivo e o rosto cheio de sardas. Trabalhava como jornalista de viagens e tinha acabado de produzir uma série de reportagens sobre a África, o sudeste da Ásia e a Europa. Realizou a última entrevista no Porto e, no próximo dia, retornaria à Dublin, sua cidade natal.

Connor pegou a jarra de Guinness com a mão direita e tomou um segundo gole. Depois me estendeu outra caneca imensa — maior do que eu imaginava que uma caneca de cerveja poderia ser; experimentei um pouco: era bem encorpada e amarga. McGrath contestou a pergunta:

– O meu lugar favorito é este de agora.

– Sério?

– Sim. Eu visitei locais incríveis, acredite em mim. Mas, gosto de pensar que o melhor é sempre o que estou …

– Como assim?

– É simples. Não significa que este local seja perfeita ou sem defeitos; cada cidade tem suas qualidades e imprecisões, não duvide; mas, eu acredito que Porto seja o melhor lugar do mundo simplesmente porque estamos aqui, neste momento, e em nenhum outro lugar.”

McGrath desabotoou o botão da manga da camisa e foi dobrando sobre o antebraço esquerdo. “Eis é o lema da minha vida”, ele disse. Era uma tatuagem que dizia em inglês:

“There is no better place to be than here⁠1”,

Pedimos mais uma cerveja irlandesa e fizemos um brinde. Seguimos conversando sobre lugares, viagens e encontros até chegar a manhã do dia seguinte.

1 “Não há melhor lugar para estar do que aqui”, em inglês.

Leave A Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *